quarta-feira, fevereiro 28News That Matters
Shadow

Jesus Elias Tajra toma posse como novo imortal da Academia Piauiense de Letras

O advogado, escritor, jornalista e empresário Jesus Elias Tajra tomou posse como membro imortal da Academia Piauiense de Letras (APL) na noite desta quarta-feira (6), aos 91 anos. 

A cerimônia aconteceu no auditório da Fiepi (Federação das Indústrias do Estado do Piauí) em solenidade bastante prestigiada. O evento celebrou a entrega da Cadeira 39 da Academia ao empresário, que sucede Celso Barros Coelho, um dos maiores juristas do Brasil, que morreu aos 101 anos, em julho deste ano em Teresina. A solenidade contou com a presença do vice-governador Themistocles Filho, do ex-governador Zé Filho, do ex-governador Freitas Neto, do vereador Evandro Hidd, representando o presidente da Câmara de Teresina, do presidente do Conselho de Cultura do Piauí, Nelson Nery Costa, e outras autoridades.

O presidente da Academia Piauiense de Letras (APL), Zózimo Tavares, disse que Jesus Tajra tem muitas faces de contribuição para o Piauí nas áreas cultural, política, de esporte, administração pública e empresarial. 

“É um intelectual que tem uma relação muito antiga com a academia piauiense de letras, e com vários de seus integrantes como Paulo Nunes, Celso Barros, Paulo Freitas, Manfred Cerqueira, professora Fides Angélica, Felipe Mendes, Humberto Guimarães, muita gente da academia. A pergunta que se faz hoje é por que com esse cabedal que doutor Jesus Tajra tem, não ingressou na academia antes. E conforme Eclesiastes: ‘há um tempo determinado para tudo’ e a hora dele chegou”. 

O acadêmico Fonseca Neto disse que o empresário vem engrandecer a academia. “Um grande amigo do sucedido Celso Barros, o que torna ainda mais simbólica e significativa a presença do advogado Jesus Tajra entre nós”.

Durante a solenidade, Jesus Tajra foi conduzido para a posse pelos acadêmicos Fides Angélica, Plínio da Silva Macedo e Padre Tony Batista.

A acadêmica Fides Angélica disse que a presença dele na academia é de muito orgulho, e que ele vai honrar, enriquecer por ser um homem extraordinário como foi Celso Barros.

“Ele não será honrado pela academia, mas ele vai honrar a academia. Tem uma história de vida bonita, de sucesso, e esse conjunto que dá valor a ele. Para substituir Celso Barros, nao poderia ser qualquer um. É preciso ser alguém com história rica como foi de Celso Barros. Para nós da academia é um motivo de muito orgulho, pra mim, particularmente”.

“Para nós da família é um orgulho e uma alegria, especialmente porque a gente constata que ele está muito feliz. Ele se sente bem nesse ambiente. Papai sempre gostou da cultura, das letras, do debate, do diálogo e sempre acompanhou de perto a vida da academia. Para nós, ao mesmo tempo foi uma surpresa, mas a gente encarou como uma consequência até previsível e como falou o presidente Zózimo Tavares, que disse que demorou um pouquinho, mas tudo tem seu tempo e foi na hora certa”, disse o empresário Jesus Tajra Filho 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: