segunda-feira, dezembro 6O Piauí se conecta aqui!

Teresina é destaque em Conferência Internacional (COP-26) por iniciativas climáticas

A Prefeitura de Teresina foi destaque na Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP26), através do projeto de Elaboração do Plano de Ação Climática da capital, que trabalha a análise dos dados de emissão de gases poluentes, além de categorizar as emissões, identificar as fontes e sumidouros, coletar dados e calcular emissões e remoções.

A Conferência ocorre até o dia 12 de novembro em Glasgow, na Escócia. A empresa Codex é responsável pela elaboração e foi a porta-voz deste projeto da Prefeitura de Teresina durante o evento.
O Plano de Ação Climática da capital se dá em três etapas. Após o inventário de emissões desses gases, virá a etapa de análise do impacto da mudança climática em Teresina, considerando as características locais e os impactos já sentidos pela população, como o aumento da temperatura no período mais quente do ano.

Considerando as etapas, divididas em inventário, a análise de vulnerabilidade das mudanças do clima e a elaboração do próprio Plano de Ação Climática. A previsão de conclusão é para o primeiro semestre de 2022, e sua apresentação na conferência COP-26 é o sinal de que a Prefeitura de Teresina caminha em direção à um futuro sustentável. “A apresentação do Plano de Ação Climática de Teresina como um projeto destaque dentro da empresa Codex em uma conferência internacional significa que estamos evoluindo muito no que se refere à desenvolvimento consciente e sustentável dentro da nossa capital”, explica Cíntia Bartz, coordenadora da Agenda Teresina 2030.

A COP-26 reune mais de 120 líderes mundiais para decidir os rumos da minimização do impactos das mudanças climáticas no planeta. Dentre os 04 principais objetivos estão limitar o aumento de 1,5 Graus a temperatura; Zerar o desmatamento ilegal, regular o mercado de carbono e estabelecer o apoio financeiro aos países em desenvolvimento. “Teresina larga na frente com um projeto inovador que vai ao encontro dos propósitos estabelecidos na Conferência da ONU”, reitera Venicios Santos, Diretor de Negócios da Codex.

O consórcio de empresas Codex – ICare foi escolhido através de processo licitatório, e será a responsável pelo Plano de Ação Climática da capital. O valor estimado do projeto é de R$ 498.900,00, com recursos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial de Teresina Nº 3.098, de 02 de setembro.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments