sábado, maio 28O Piauí se conecta aqui!

Professora que morreu durante temporal é encontrada; sepultamento nesta segunda (07)

O corpo da professora Wana Sara Cavalcante Henrique, que morreu após ter o carro arrastado durante chuva em Teresina, será velado na funerária São Francisco, situada na Avenida Miguel Rosa, em frente à estação do metrô de Teresina.

O velório está previsto para 18h, deste domingo (06). A professora será velada durante a noite e madrugada. Na manhã desta segunda-feira (07), o corpo deixa a funerária por volta das 7h e segue para sepultamento.

Pelas redes sociais, amigos de Wana Sara lamentaram a perda precoce. Em vários posts, internautas criticaram a falta interdição da área- que há anos é uma área de perigo- bem como falta de sinalização adequada na via e demonstraram revolta por acreditarem que a morte poderia ter sido evitada

Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram neste domingo (06), o corpo da servidora pública Wana Sara Cavalcante Henrique, que estava desaparecida desde a última sexta-feira (04), após seu carro cair em uma cratera na Avenida Homero Castelo Branco, zona Leste de Teresina.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o corpo foi encontrado em uma vegetação na saída de uma galeria próximo à Floresta Fóssil, em um área de vegetação. 

“Encontramos o corpo às 11h05, em uma parte de vegetação próximo a descarga da galeria no rio, entre a Avenida Cajuína e o rio Poti”, explicou o coronel José Veloso, relações públicas do Corpo de Bombeiros.

A perícia e o Insituto de Medicina Legal (IML) também foram acionadas ao local para fazer a remoção do corpo da vítima. Wana Sara Cavalcante tinha 39 anos e era servidora pública da Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec). 

Atualizada às 9h00

Continou na manhã deste domingo (06), as buscas pela motorista do veículo que caiu em uma cratera após ser arrastado pela correnteza da forte chuva que atingiu Teresina, na noite dessa sexta-feira (04), na Avenida Homero Castelo Branco, zona Leste de Teresina.

Segundo informações do coronel José Veloso, relações públicas do Corpo de Bombeiros, três equipes trabalham para encontrar a condutora do veículo.

“Estamos com três equipes, uma fazendo uma varredura no Rio Poti, outra fazendo percurso no bueiro, e outra equipe de mergulho na saída do bueiro”, explica o coronel Veloso.

Em um vídeo filmado por populares na noite de sexta (04), é possível ver o carro sendo arrastado pela correnteza do grande volume de água que inundou a avenida. Após alguns instantes, o veículo caí dentro de uma cratera e fica submerso.   

Nesse sábado (05), o automóvel foi encontrado e retirado por equipes do Corpo de Bombeiros, de dentro de um bueiro no cruzamento das Avenidas Homero Castelo Branco com Eustáquio Portela. O carro estava parcialmente destruído. 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments