domingo, outubro 17O Piauí se conecta aqui!

Paulo Guedes cobra do BC solução para inflação: “É o gato que caça esse rato”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, mostrou otimismo sobre a economia brasileira em discurso na noite desta terça-feira (28/9) no Fórum Nacional do Comércio. Ele chegou a ser aplaudido pelos presentes ao garantir que o país vai crescer forte e já tem R$ 540 bilhões “contratados” em investimentos “nos próximos anos” em áreas como saneamento e infraestrutura. Guedes não fugiu de assuntos como crise econômica e inflação, mas jogou as maiores responsabilidades para o Congresso e para o Banco Central.

“Inflação está subindo? Gaveta 18: Banco Central independente é o gato que caça esse rato”, disse Guedes, ao negar que o aumento de juros vem sendo promovido pela instituição para tentar conter a alta dos preços.

Sobre a instabilidade do mercado e os prejuízos acumulados na Bolsa de Valores, Guedes avaliou que a aprovação da Reforma do Imposto de Renda e da PEC dos Precatórios no Congresso são fundamentais no caminho de uma melhora.

“Nós precisamos ter uma equação muito simples: Bolsa Família de R$ 300 mais ou menos precisa da reforma do IR para nos dar a fonte dos recursos. Mais os precatórios para nos dar o espaço dentro do teto [de gastos]. Nós precisamos dessa aprovação. Se nós aprovarmos isso, o mercado se acalma, a bolsa volta a subir. O que existe hoje é uma enorme incerteza”, avaliou o ministro da Economia.

Ao defender a reforma do IR, Guedes disse que não há vergonha em ser rico, mas há em não pagar imposto. “Se o trabalhador, o operário paga às vezes 20% de Imposto de Renda, porque que o super rico não pode pagar 15%? É um imposto moderado”, afirmou o ministro.

Guedes garantiu ainda que o governo não desistiu das reformas e do liberalismo: “Vamos continuar fazendo as reformas. Ano que vem é ano eleitoral? Vamos mexer no que não precisa do Congresso, mas, enquanto isso, vamos fazendo”, disse, para a alegria da plateia.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments