domingo, novembro 28O Piauí se conecta aqui!

Jogadores do Cruzeiro ameaçam greve por causa de salários atrasados

O Cruzeiro passa por grave crise financeira e um dos reflexos é o movimento dos jogadores do time principal por causa no atraso no pagamento de salários. Os atletas cogitam colocar em prática o que têm discutido há algumas semanas: uma paralisação dos treinos.

Apesar de ter quitado parcialmente a folha relativa ao mês de setembro, existem vários débitos em aberto com os atletas. As últimas duas folhas salariais não foram acertadas, além de valores de férias, 13º salário e FGTS. Por quitar o salários de maneira parcelada, é impossível precisar quanto o clube deve a cada jogador.

Vale lembrar que no último ano os jogadores fizeram um movimento semelhante. Antes da partida contra o Oeste, pela Série B, eles recusaram a se concentrar, também em função dos salários atrasados.

O momento crítico financeiro tem desdobramentos em outros setores do clube. Funcionários do administrativo e do futebol feminino também têm salários em aberto. A situação no futebol de base, inclusive, fez com que os atletas do time sub-20 se recusassem a treinar um dia na semana passada.

Com a ajuda do técnico Vanderlei Luxemburgo, as cobranças foram contornadas momentaneamente. Os jogadores do grupo profissional não escondem o descontentamento com as pendências financeiras e reclamações diretamente com o treinador são constantes.

A reportagem do ge procurou o Cruzeiro e a reportagem será atualizada assim que o clube se posicionar.

Após o empate diante do Botafogo por 0 a 0, o Cruzeiro terá nove dias de preparação para o próximo jogo. A partida, válida pela 31ª rodada, será disputada contra o Avaí, na Ressacada. O duelo acontece no próximo dia 22, sexta-feira, às 21h30. O Cruzeiro ocupa a 11ª colocação da Série B com 39 pontos. A equipe está a nove pontos do G-4 e tem chances remotas de retorno à Série A.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments