domingo, outubro 17O Piauí se conecta aqui!

GRECO prende mulheres com atuação no PCC

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), deflagrou a Operação Consortes na manhã desta sexta-feira, 1º de outubro, para dar cumprimento a mandados de prisão em Teresina, no interior do estado e também no Maranhão. Na ocasião, 13 mulheres foram alvos dos mandados, duas delas atuando em presídios, com atuação na facção Primeiro Comando da Capital (PCC).

De acordo com o delegado Tales Gomes, coordenador do GRECO, cerca de 60 policiais civis e 20 policiais penais estão dando cumprimento aos mandados de prisão contra integrantes de organizações criminosas que atuam no Piauí, sobretudo nas cidades de Teresina, Floriano, Esperantina e São Luís, no Maranhão.

“A Operação Consortes é decorrente de um inquérito presidido pelo delegado Yan Brainer, com operacionalização do GRECO, uma vez que ele lotado aqui no GRECO, para trabalhar esse núcleo de organização criminosa. Os alvos são todas mulheres, num total de 13 mulheres, duas já se encontram presas no sistema prisional. São mulheres ligadas a pessoas de organização criminosa, tanto como namorado, companheiro ou esposo e que auxiliam as pessoas que estão presas a se comunicarem os comparsas que estão fora da cadeia”, pontuou Tales Gomes.

A operação foi conduzida pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado e contou com o apoio das unidades policiais civis Depre, Core, GPE, Diretoria de Inteligência da SSP, Delegacia Regional de Esperantina, Floriano e Polícia Civil do Maranhão e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Justiça.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments