sábado, maio 28O Piauí se conecta aqui!

Governo do Estado destina meio bilhão de reais para rodovias do Cerrado

Como parte do cronograma de investimentos em conservação e recuperação de rodovias no Cerrado, o Governo do Estado tem recursos garantidos na ordem de R$ 500 milhões para executar ações nas três principais vias que cruzam a região. Por meio do PRO Piauí Rodovias estão sendo contempladas as PIs 247, 392 e 397, importantes corredores de escoamento da produção de grãos no Sul piauiense.

Responsável pela execução da maioria dos trabalhos nas rodovias, o Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) destinou equipe de conservação à PI-247, no trecho entre Uruçuí e Ribeiro Gonçalves. Em seguida, os trabalhos serão estendidos até o município de Sebastião Leal. “Destacamos ainda que há uma previsão de R$ 60 milhões para recapeamento desta estrada. A licitação já está em fase final e com previsão de ordem de serviços para março”, revela o diretor-geral do DER-PI, Castro Neto.

Conhecida como Transcerrados, a PI-397 receberá R$ 340 milhões em investimentos para implantação de mais de 240 km. “Temos tido um olhar especial para essa rodovia, a Rota da Soja, e dividimos em três trechos. Em um deles, o DER-PI encabeça os trabalhos e tem garantido R$ 100 milhões, conseguidos pelo Senador Marcelo Castro”, afirma Castro Neto, que destaca a contribuição do parlamentar na melhoria da infraestrutura rodoviária do Estado.

Já na PI-392, que fica no município de Baixa Grande do Ribeiro, há recursos garantidos em torno de R$ 150 milhões para implantar asfalto novo em mais de 150 km da rodovia. Perpendicular à Transcerrados, a via é importante para a economia dos municípios inseridos no Território do Alto do Parnaíba.

Em papel de destaque na região do Matopiba, o Piauí deverá registrar a maior produtividade de soja de sua história, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). “De olho nesse cenário, o governador Wellington Dias, como o apoio do senador Marcelo Castro, tem ampliado cada vez mais os investimentos no Cerrado piauiense. Há um potencial econômico nesse setor e, portanto, é ideal que nossa malha viária esteja cada vez mais adequada para garantir o escoamento da produção”, conclui Castro Neto.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments