quinta-feira, janeiro 20O Piauí se conecta aqui!

FMS confirma vacinação em crianças contra a Covid-19 com o apoio de 30 UBSs

Em Teresina, as crianças de 5 a 11 anos receberão a dose de vacina contra a Covid-19 por agendamento, com aplicação em cerca de 30 Unidades Básicas de Saúde em todas as zonas da cidade. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (14) pelo presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque. As doses devem chegar ao Piauí ainda nesta sexta e, assim, começarão a ser aplicadas na segunda-feira (17).

Segundo ele, a aplicação da vacina em crianças seguirá logística diferente da dos adultos devido às normas diferentes de armazenamento, diluição e manejo da dose.

“Como elas chegam congeladas em baixíssima temperatura, é preciso um tempo para que sejam descongeladas lentamente e possam ser administradas, isso deve acontecer até a próxima segunda. E toda a logística será finalizada quando soubermos quantas doses vamos receber”, informou.

A capital tem cerca de 90 mil crianças aptas a receber a vacina, com idades entre 5 e 11 anos. Inicialmente, conforme norma técnica do Ministério da Saúde, a aplicação seguirá uma ordem de prioridade, iniciando por crianças com deficiência permanente ou comorbidade, crianças indígenas e quilombolas ou crianças que vivam em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19.

Piauí receberá 20.200 doses; mais de 300 mil crianças

O Piauí deve receber nesta sexta-feira (14) 20.200 doses de vacinas da Pfizer destinadas às crianças. A previsão de chegada do voo com as doses é para as 16h40, no aeroporto de Teresina. Segundo o secretário de saúde do estado, Florentino Neto, a logística de distribuição permitirá que em 12 horas as doses estejam disponíveis para os municípios nas regionais de saúde.

O governo do Piauí informou, em 5 de janeiro, que recebeu a nota técnica do Ministério da Saúde e que aguarda apenas o envio da doses para vacinar as 331.432 crianças de 5 a 11 anos que vivem no estado, segundo estimativa do IBGE.

A nota técnica enviada à Secretaria Estadual da Saúde do Piauí (Sesapi) recomenda a vacinação pelo imunizante Comirnaty, da Pfizer, de forma não obrigatória, para esta faixa etária, àqueles que não possuam contraindicações.

Ordem de vacinação

A nota destaca que as secretarias devem seguir uma ordem de prioridade, a começar por crianças com deficiência permanente ou comorbidade, crianças indígenas e quilombolas ou crianças que vivam em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19.

Após essas prioridades, os gestores municipais de saúde devem seguir uma ordem de idade decrescente das crianças sem comorbidades:


– crianças entre 10 e 11anos;
– crianças entre 8 e 9 anos;
– crianças entre 6 e 7 anos;
– crianças com 5 anos.

Intervalo das doses

De acordo com a Sesapi, a vacina da Pfizer para este público será aplicada em duas etapas com o intervalo de quatro semanas. O frasco da vacina para crianças também terá uma cor diferente daquela aplicada em adultos, para ajudar os profissionais de saúde na hora de aplicar a vacina.

“Estas doses são de 0.2 ml e serão tomadas em duas etapas, com o intervalo da primeira para a segunda dose de 08 semanas, diferente do que diz a bula do imunobiológico, mas acreditamos que isso deve ser porque o Brasil ainda não tem doses suficientes para toda a população”, explica o superintendente de Atenção à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães.

Vacinação por agendamento

No documento, o MS recomenda ainda que as vacinas para este público não seja realizada na modalidade drive-thru e que as crianças sejam acolhidas e permaneçam no local em que a vacinação ocorrer por pelo menos 20 minutos após a aplicação, facilitando que sejam observadas durante esse breve período.

Também ressalta que a vacina contra a Covid-19 não seja administrada de forma concomitante a outras vacinas do calendário infantil, por precaução, sendo recomendado um intervalo de 15 dias.

A Sesapi já está com toda a logística de distribuição e orientação aos municípios preparada para receber as vacinas destinadas às crianças de 05 a 11 anos.

“Assim como nas outras etapas de vacinação nossas equipes, da Coordenação de Imunização, já estão com a logística organizada para entregar aos municípios, assim que receber do Ministério da Saúde, as vacinas direcionadas às nossas crianças, e os mesmo iniciarem o processo de imunização”, disse o secretário estadual da Saúde, Florentino Neto.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments