sábado, maio 28O Piauí se conecta aqui!

Flu-PI faz bom jogo, mas é castigado por erros no ataque e é eliminado nos pênaltis pelo Santos na Copa do Brasil

A equipe do Fluminense encerrou nesta terça-feira (8) sua caminhada dentro da Copa do Brasil. O time vendeu caro a eliminação diante o Santos, que aconteceu somente nas cobranças de pênaltis (5 x 4). No tempo normal, o Vaqueiro ficou no empate por 1 a 1, com gol de Mário Sérgio para o Fluminense e o Santos conseguiu descontar na reta final do segundo tempo com Ricardo Goulart. Com isso, o time piauiense encerra participação na Copa do Brasil 2022 na segunda fase e agora volta as atenções por completo para o Campeonato Piauiense, pois enfrenta o Altos no sábado (12). 

O jogo 

O Fluminense recebeu o Santos na noite desta terça-feira (8), no estádio Albertão. Jogando em casa e buscando a vitória no tempo normal o Fluminense manteve seu estilo de jogo e foi para cima do time Paulista, comandando as ações do primeiro tempo. Aos oito minutos, boa jogada que tem pedido de pênalti por parte do Flu, pois a bola toca a mão do defensor do Santos, o juiz dá continuidade e termina com finalização perigosa de Eduardo que sobe demais. 

Aos 13 minutos, nova chegada do Fluminense dessa vez com o camisa 10 Janeudo que faz belo drible e depois joga a bola na pequena área. Eduardo cabeceia para fora. O Santos só consegue responder aos 24 minutos em contra-ataque em que Ângelo toca para Marcos Leonardo e ele bate em cima da zaga, mas foi uma oportunidade isolada do Peixe na primeira etapa. 

O cenário seguia sendo o Fluminense bem na partida e com posse de bola ofensiva e o Santos praticamente sem conseguir tocar na bola. Apenas se defendendo. Aos 31, primeira boa chance com o artilheiro Mário Sérgio, ele aproveita erro e sai de cara com o goleiro João Paulo, e bate rasteiro, mas para fora. Depois disso, aos 35, foi a vez de Eduardo chegar até a linha de fundo e colocar a bola na pequena área, mas a zaga do Santos consegue o corte. 

Depois de muito insistir o gol do Fluminense saiu aos 41 minutos com o artilheiro do Brasil, Mário Sérgio, um verdadeiro golaço em que ele recebe a bola gira para esquerda e bate firme- sem chances para o goleiro do Santos. Assim termina o primeiro tempo Fluminense 1 a 0 no Peixe. 

Na segunda etapa o técnico Fabian faz algumas mudanças no Santos e coloca duas novas peças em campo – Vinicius e Auro. As alterações surtem efeito e o time cresce no jogo. Uma chuva forte começa a cair no estádio Albertão e das arquibancadas o torcedor presente faz festa e empurra o Vaqueiro, apoia bastante. Logo aos quatro minutos da segunda etapa, o Santos marca, mas o juiz assinala impedimento. 

Aos 14 minutos, duas mudanças no Flu-PI e uma delas chama atenção que foi a saída de Mário Sérgio que depois foi esclarecido não estava se sentindo bem devido uma pancada que recebeu na primeira etapa. O Flu cai de nível, mas depois volta a ter controle da partida e quase chega ao segundo gol com William Salvino, mas a bola fica nas mãos do goleiro João Paulo. 

Com 29 minutos, o Santos fica com um a menos em campo após falta cometida por Camacho em Tarcísio. O atleta já tinha cartão e recebeu o segundo ao tentar parar jogada de contra-ataque e o Santos fica com um a menos em campo por quase mais 25 minutos já que a segunda etapa foi até os 50 minutos. 

O Fluminense tem mais uma boa chance com o lateral Gean, em subida rápida pela direita, mas ao finalizar a bola passa ao lado da trave. O Camisa 2 do Fluminense que foi um dos principais nomes em campo pelo alto poder de marcação e atuação nos contra ataques da equipe piauiense. 

Mesmo com um a menos a equipe Santista consegue empatar aos 41 minutos, enfiada de bola de Pironi e Ricardo Goulart fica de cara com Nicolas e leva a melhor igualando o marcador. Com isso, decisão da vaga até a terceira fase nas penalidades e o Santos acabou levando a melhor. Carimbou a vaga de sequência na Copa do Brasil e ainda colocou mais R$ 1,9 milhões nos cofres do clube. 

PENALTIS 

Nas penalidades, o Santos acabou levando a melhor. Ricardo Gourlart, Vinicius Zanoclo, Lucas Braga, Lucas Barbosa e Lucas Pires marcaram as suas penalidades e somente a bola de Gabriel Pirani ficou nas mãos do goleiro do Flu-PI, Nicolas. 

Do lado do Fluminense converteram suas penalidades, Eduardo, com direito a cavadinha, Michel, Tarcísio e Tiaguinho, mas as bolas de Mazinho e do zagueiro Ramon, ultimo a bater ficaram na trave. Com isso, resultado final do estádio Albertão – Santos 5 a 4 em cima do Flu-PI e os piauienses dão fim a sua caminhada na Copa do Brasil. 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments