domingo, outubro 17O Piauí se conecta aqui!

Daniel Alves exige ser lateral e cláusula de saída sem custos para Europa

Após rescindir com o São Paulo, Daniel Alves é o grande assunto do mercado da bola no Brasil. O jogador de 38 anos movimenta o fim da janela de transferências, e fez exigências aos interessados: quer jogar na lateral-direita e uma cláusula de saída sem custos para qualquer proposta vinda da Europa. O objetivo de Dani Alves é claro: jogar a Copa do Mundo de 2022.

Por isso, exige atuar em sua posição de origem, onde voltou a ser convocado por Tite e também se tornou campeão olímpico pela seleção brasileira em Tóquio. No Morumbi, com a camisa 10, ele chegou a atuar como meia e volante, e sem muito destaque, agora, quer se manter na lateral-direita.

Com propostas para jogar em clubes da Europa, o jogador não nega aos clubes que buscam informações sobre seu futebol que não negará os convites para voltar ao Velho Continente. Por isso, a cláusula de liberação automática e sem custos é o primeiro passo de qualquer conversa. O UOL Esporte apurou que Fluminense e Athletico formalizaram propostas ao estafe de Daniel Alves, enquanto o Flamengo adota compasso de espera. O Bahia, que revelou o jogador, também monitora a situação. Atlético-MG e Internacional negaram qualquer interesse. Por já ter atuado na Libertadores e na Copa do Brasil pelo São Paulo, Dani só poderia jogar as rodadas restantes do Brasileirão. 

O Flu fez uma proposta de vínculo mais extenso, enquanto os paranaenses subiram os valores e diminuíram o prazo, já de olho em uma eventual saída do jogador para a Europa. Segundo informações de sua assessoria de imprensa, em nota oficial à imprensa, o atleta não fez quaisquer exigências financeiras aos clubes, e o dinheiro, nesse momento, está em segundo plano. O jogador escolherá seu destino entre as possibilidades, seja de título ou status.

Não está descartada a possibilidade de um contrato longo nem que, caso prefira, fique no Brasil mesmo se houver procura do futebol europeu. Ainda de acordo com o estafe do jogador, Daniel Alves não decidiu seu futuro e tem também buscas de equipes do exterior. Com a janela europeia fechada, apenas centros de menor expressão do mercado da bola são destinos possíveis, como México, Argentina e Oriente Médio.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments