quinta-feira, outubro 21O Piauí se conecta aqui!

Acusada de participar da morte de cabo do Bope é condenada a 19 anos de prisão

Thaís Monait Neris de Oliveira, acusada de participar da morte do cabo do Bope, Claudemir de Paula Sousa, foi condenada a 19 anos e 10 dias de prisão em regime fechado por homicídio duplamente qualificado. A sentença foi proferida por volta das 21h desta segunda-feira (20), após cerca de 12 horas de julgamento realizado no Fórum Criminal de Teresina. 

O conselho de sentença considerou a ré culpada por ter participado ativamente do crime, recebendo dinheiro para atuar como ‘olheira’ e monitorar os passos da vítima no dia do crime. 
 
Thaís Monait, que está grávida, compareceu ao julgamento acompanhada de uma defensora pública. Em seu depoimento, ela negou participação no crime. 

Familiares e amigos do cabo do Bope não foram autorizados a entrar no prédio para acompanhar a sessão de julgamento, que foi transmitida ao vivo através da internet. Nas redes sociais, eles comemoraram a condenação e cobraram celeridade no julgamento dos outros réus do caso. 

Claudemir de Paula Sousa foi morto em dezembro de 2016, em frente a uma academia de musculação no bairro Saci, zona sul de Teresina.  Após investigação, a Polícia Civil do Piauí descobriu que o crime foi planejado e teve motivação passional.

Ao todo, oito pessoas foram acusadas de participação no crime. Três deles foram assassinados. Os demais aguardam o julgamento em liberdade. 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments