Wellington Dias pede ao Ministério celeridade na imunização dos setores essenciais e quer ampliar a vacinação no estado

O coordenador do tema da vacina no Fórum Nacional de Governadores, presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias, solicitou ao Governo Federal a liberação de imunizantes, dentro da segunda fase da vacinação, a categorias classificadas como essenciais, dentre elas aos profissionais da Segurança e Educação.

“Em agenda com o Ministério da Saúde, pedi que tivéssemos a liberação da regulamentação, garantindo na segunda fase, além de prosseguir com o critério da idade, a vacina dos essenciais permanentes como os profissionais da Segurança, Educação e outros. Essa definição precisa sair em regra para que tenhamos condições de bons resultados na programação nacional com os municípios brasileiros”, comentou o governador.

Chegada de vacinas

Outra pauta abordada, neste final de semana, pelo chefe do executivo estadual foi a ampliação na entrega de vacinas a partir da próxima semana. “Essa semana, concluímos (para o Brasil) o recebimento de 5,6 milhões de doses, tanto com vacinas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Instituto Butantã. Para os próximos dias, temos a expectativa de chegar a seis milhões de imunizantes. Isso significa que estamos ampliando o nível de vacinação. É assim que iremos salvar vidas e pedimos que todos cumpram os protocolos de segurança”, finalizou o governador do Piauí.

Fonte: Ccom Governo do Piauí