Semar identifica abertura de sangradouro irregular na Lagoa do Portinho

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), por meio do seu Escritório Regional de Parnaíba, identificou, nessa quinta-feira (07), a abertura de uma vala entre dunas na Lagoa do Portinho. O canal seria utilizado como sangradouro. Localizada nos municípios de Parnaíba e Luís Correia, a região foi transformada em Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie) em 2019.

“Como não foram identificados possíveis infratores no local, o primeiro procedimento adotado foi o fechamento do canal com o auxílio de uma equipe da Prefeitura de Parnaíba com maquinário para o fechamento”, esclarece a coordenadora do Escritório Regional da Semar em Parnaíba, Waneska Vasconcelos. E completa: “agora iniciamos o processo de investigação dos possíveis responsáveis pela construção dessa vala”.

De acordo com a secretária de Estado do Meio Ambiente, Sádia Castro, a abertura do canal parte da tentativa da população em repovoar a lagoa. “Aquelas comunidades que vivem no entorno estão buscando uma saída artificial para um processo que acontecia naturalmente em anos anteriores, onde a lagoa era povoada por alevinos de maneira natural”, explica a gestora.

“O problema é que não foi solicitada autorização ao órgão ambiental, configurando uma infração ambiental. Deveria ter sido feita uma solicitação à Semar e, por meio de um estudo, a autorização seria concedida ou não de acordo com os resultados do estudo”, salienta Sádia Castro.

Fonte: Ccom Governo do Piauí