Secretaria da Saúde acompanha andamento das obras do novo hospital de Picos

O superintendente de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Alderico Tavares, visitou, nessa terça-feira (10), as obras do novo hospital de Picos. O intuito da visita foi analisar, com o Núcleo de Engenharia e Infraestrutura da Sesapi, a situação do canteiro de obras, verificando a situação das obras e notificando qualquer ajuste necessário.

A visita foi feita após, no dia 29 de novembro, o dr. Aderson Antônio Brito Nogueira, juiz de Direito da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública, proferir a decisão de liberar a continuidade das obras do novo hospital de Picos, que estavam paralisadas por decisão judicial desde 2016.

“Nós viemos avaliar a estrutura das obras como um todo, já está sendo feita a limpeza da estrutura para verificarmos se houve qualquer dano às obras e a partir das análises que serão registradas, será feito um relatório final da engenharia para que possam ser feitos reajustes junto à Caixa Econômica, para que a mesma dê autorização para o reinício dos trabalhos”, explicou Alderico Tavares.

O superintendente da Sesapi destaca ainda que a unidade, quando estiver concluída, será de suma importância para os serviços de saúde que atendem a população da cidade e região, atuando em conjunto com o Hospital Regional Justino Luz. “Esta é uma unidade que irá beneficiar essa região que conta com cerca de 500 mil habitantes, além, de uma população flutuante de cerca de 50 mil pessoas. A obra, ao ser concluída, certamente irá ao encontro com os anseios da população de toda a cidade de Picos e região”, destaca o gestor.

O secretário Municipal de Saúde de Picos, Waldemar dos Santos Júnior, acompanhou a visita às obras e também destacou a importância da nova unidade para a população de Picos. “Primeiramente queremos agradecer ao desbloqueio das obras do hospital, uma vez que esta nova unidade será um ganho imenso para a saúde pública. Ela terá uma estrutura nova e de maior qualidade para atender toda a população que irá auxiliar o nosso hospital atual com sua demanda”, acrescenta o gestor.

Fonte: Ccom Governo do Piauí