Hospital Regional de Campo Maior tem leitos disponíveis para tratamento Covid

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio da direção do Hospital Regional de Campo Maior (HRCM), esclarece que a unidade de saúde dispõe de 20 vagas nesta quarta-feira (23), dia em que foram registradas cinco altas e duas transferências de pacientes. Ao todo, o Hospital tem 14 enfermarias com 50 leitos entre clínicos e de estabilização.

A unidade de saúde tem canalização de gás e toda a estrutura para atendimento de pacientes com Covid-19, além de dois médicos 24h e equipe multiprofissional. O HRCM atende à cidade de Campo Maior e mais 20 municípios da região dos Carnaubais.

De acordo com a diretora do Hospital, Celene Fontenele, foram registrados três óbitos nas últimas 24h. “Estes pacientes que não resistiram já estavam internados na unidade de saúde e não dentro de ambulâncias, na porta do hospital, como foi divulgado, erroneamente. As ambulâncias eram para fazer a transferência de pacientes para Teresina. No momento dispomos de leitos para atendimento da população”, assegura.

Em relação à Maternidade Sigefredo Pacheco, a diretora explica que a mesma foi interditada pelo Conselho Regional de Medicina para adequações e qualquer iniciativa, parceria ou serviço, na unidade de saúde, requer, inicialmente, o cumprimento de todos os condicionantes estabelecidos tecnicamente pelo Conselho.

Celene Fontenele reitera que não existe possibilidade de conveniar hospital sem obediência às regulamentações técnicas e sanitárias, além de esclarecer que Prefeitura de Campo Maior é a gestora plena da saúde do município. “Cabe ao próprio município a decisão de habilitar ou não a referida maternidade”, diz.

Fonte: Ccom Governo do Piauí