Crianças espanholas preparam-se para sair às ruas depois de isolamento

A Espanha emitiu orientações, no sábado (25), que permitem que crianças saiam ao ar livre, após seis semanas vivendo sob um dos isolamentos mais rígidos da Europa, com os números confirmando contagem diária de mortes por coronavírus bem abaixo do pico no começo deste mês. 

O Ministério da Saúde da Espanha informou que mais 378 pessoas morreram após serem diagnosticadas com coronavírus, um pequeno crescimento em relação às 367 de sexta-feira, o menor total no último mês, mas bem abaixo do que o pico de 950 em 2 de abril. 

O total de mortes em um dos países mais afetados pelo vírus cresceu para 22.902 e o número de casos subiu para 233.759 de 219.764 no dia anterior. 

A Espanha vê evidências suficientes de que o vírus está sob controle para começar a afrouxar seu isolamento. Crianças estavam testando suas máscaras em antecipação ao primeiro gosto de ar livre desde que o primeiro-ministro Pedro Sánchez declarou estado de emergência em 14 de março. 

O governo afirmou que crianças com menos de 14 anos poderão, a partir de domingo, fazer uma hora de atividade supervisionada fora de casa por dia, entre às 9h e às 21h, ficando dentro de um raio de um quilômetro de suas moradias. 

Adultos podem acompanhar até três crianças, que não poderão usar playgrounds e precisam aderir às orientações de distanciamento social, permanecendo a pelo menos dois metros de outras pessoas. 

O governo ainda não disse quando as medidas de confinamento serão aliviadas para as outras crianças.

Fonte: Agência Brasil-EBC