Coordenador do PRO Piauí assegura recursos para conclusão da Adutora do Litoral

O secretário de Estado da Fazenda e coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles, garantiu que a adutora do litoral está entre as obras prioritárias do programa de desenvolvimento social e econômico do estado, que estima investimentos da ordem de R$ 6 bilhões até 2022.

“A adutora do litoral é uma obra fundamental. Ela vai garantir o abastecimento de água em todos os municípios e povoados da região litorânea e também impulsionará o turismo, que vem crescendo muito nos últimos anos. Suas obras estão com previsão de conclusão ainda em 2021. Os recursos estão totalmente garantidos”, disse Fonteles, que chegou a visitar as obras da adutora no final de 2020, acompanhado do diretor-geral do Idepi, Leonardo Sobral. O órgão é o responsável pela execução das obras, que já está com 80% concluídas. Os recursos são da ordem de R$ 53 milhões.

Segundo Leonardo Sobral, serão cerca de 82,44 km de extensão, duas elevatórias, 15 unidades de reservatórios e um reservatório pulmão, com capacidade de 3.540m3 de água. “Traduzindo, significa que iremos acrescentar ao sistema destes quatro municípios, mais de 6 milhões de litros cúbicos de água. Além disso, serão feitas mais duas mil novas ligações. Com esta reserva, vamos garantir água tanto para as novas ligações que estão sendo feitas, quanto para as já existentes. Esse é o principal ponto do empreendimento: a garantia do abastecimento de água para o litoral piauiense”, pontua Leonardo Sobral.

O PRO Piauí é, atualmente, o maior programa de investimentos do governo e tem como áreas prioritárias de atuação, a saúde, educação, segurança, infraestrutura e mobilidade. Segundo Rafael Fonteles, todos os 224 municípios piauienses serão contemplados com obras do Programa. Além da adutora do Litoral, também são consideradas prioritárias e estão com recursos assegurados, a duplicação das BRs 316 e 343, em Teresina.

Fonte: Ccom Governo do Piauí