Bolsonaro diz que teve resultado negativo em novo teste de Covid-19

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste sábado, em suas redes sociais, que teve resultado negativo no quarto teste para Covid-19 que fez.

Com uma foto no Palácio da Alvorada, em que aparece mais uma vez mostrando uma caixa de hidroxicloroquina, Bolsonaro escreveu: “RT-PCR para Sars-Cov 2: negativo. Bom dia a todos.” O exame não foi apresentado.

Este teria sido o quarto exame feito por Bolsonaro depois de diagnosticado com a doença em 7 de julho, incluindo o que confirmou que estava infectado. O último havia sido feito na terça-feira. O presidente não informou quando fez este último.

Logo depois de confirmar que estaria curado da Covid-19, Bolsonaro saiu para andar de moto por Brasília. Foi até uma concessionária de motos e depois até a casa da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), onde ficou por cerca de 40 minutos.

Esta semana, logo depois da aprovação do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), Bolsonaro retirou a deputada da vice-liderança do governo. Bia foi um dos seis únicos parlamentares que votaram contra a proposta, todos bolsonaristas.

A posição adotada pelos bolsonaristas na votação foi usada para mostrar que o governo era contra à manutenção do Fundo, em que pese o presidente tentar recuperar o discurso, afirmando nas redes sociais que o resultado era uma vitória de seu governo. Isso apesar de nunca ter participado das negociações e tentado entrar nos últimos dias com uma proposta que foi largamente ignorada pelo Congresso.

Em sua conta no Twitter, a deputada postou uma foto com o presidente.

“Comecei o dia com a visita surpresa do presidente Jair Bolsonaro em minha casa. Um gesto que simboliza os laços de amizade e alinhamento que nos unem e que seguem firmes. Apreciei muito essa surpresa”, escreveu.

Ao chegar de volta ao Palácio da Alvorada, o presidente parou mais uma vez para falar com apoiadores. Ficou por cerca de 10 minutos em meio a um grupo de cerca de 30 pessoas, conversou e tirou fotos. Dessa vez, usava máscara.

Depois de diagnosticado com a Covid-19, Bolsonaro ficou por 17 dias em isolamento parcial no Palácio da Alvorada – nesse período, anunciou a doença em uma entrevista para emissoras de TVs, recebeu pelo menos um auxiliar, e por algumas vezes saiu para conversar com apoiadores quando, apesar de manter uma distância de alguns metros, chegou a tirar a máscara.

Fonte: Reuters Brasil